VIVA INDICA - Bem-estar
26/07/2019   
O laser e suas aplicações em cirurgias plásticas
foto: Freepik

A cada ano observamos um avanço nas técnicas de cirurgias plásticas, e o laser vem sendo um importante aliado trazendo, além de melhores resultados estéticos, ganhos como diminuição da dor e hematomas no pós-operatório.

Os lasers cutâneos vêm demonstrando ótimos efeitos nas aplicações para remoção de sequelas como cicatrizes de espinhas, manchas, melasmas e rejuvenescimento facial. O tratamento com laser é menos agressivo e o tempo de resguardo pós-procedimeto é menor, o que se mostra vantajoso para o paciente.

LIPOASPIRAÇÃO A LASER
Desde o seu surgimento, na década de 1980, a lipoaspiração vem se tornando cada vez mais eficaz e menos traumática. O laser é o grande colaborador dessa evolução. Na lipoaspiração, por exemplo, a presença do laser é na cânula com fibra ótica para remover a gordura localizada. Essa luz ajuda a romper a gordura antes de ela ser aspirada. O procedimento é realizado nos mesmos moldes do tradicional, com a internação do paciente, porém observa-se um pós-operatório bem melhor. Meus pacientes relatam que a dor pós-cirúrgica foi muito menor, o hematoma mais brando e, o ganho mais importante é que o laser melhora a retração do excesso de pele, diminuindo a flacidez após a remoção da gordura.

Assim como a técnica convencional, a lipoaspiração a laser pode ser feita no abdômen, cintura, costas, coxas, joelhos, culotes, rosto e até lipolaser na papada. Da mesma forma, a sua realização é indicada apenas para modelar o corpo, e não oferece benefícios a quem quer emagrecer. O procedimento é ideal para reduzir medidas.

LIPOASPIRAÇÃO HD
Uma técnica que ganhou notoriedade é a “lipo HD”, lipo de como é conhecida a lipoaspiração e HD de high definition (alta definição). O procedimento, a grosso modo, combina a lipoaspiração com a lipoenxertia, a gordura retirada é realocada para ressaltar o desenho dos músculos. O resultado é muito satisfatório, mas tem de se levar em consideração que é somente um aprimoramento das formas de quem já tem a musculatura desenvolvida e está no peso ideal.

CONCLUSÃO
Nesses anos como cirurgião-plástico, acompanho a chegada de procedimentos que se tornam moda. Mas, o paciente que deseja uma cirurgia motivada pelo modismo deve ser avaliado cuidadosamente. Ainda não existe nenhuma técnica milagrosa, que transforme o corpo de quem está acima do peso e mantém o mesmo jeito de viver- dieta descontrolada e sedentarismo. É importante ressaltar que, antes de realizar a cirurgia, o paciente deve certificar-se que o cirurgião escolhido seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, assegurando o procedimento. Ele é quem irá avaliar o melhor tratamento para cada caso.

Rua Mato Grosso, 128, cj. 84. Higienópolis. São Paulo. Tel.: (11) 3257-7567.

por: LUIZ FERNANDO PINHEIRO | CRM 61388 Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Associado da Sociedade Brasileira de Queimadura

Top 5