VIVA INDICA - Saúde
26/04/2019   
Os efeitos analgésicos da terapia manual
foto: Divulgação

Nesta edição quem escreve é a fisioterapeuta Fernanda Gomes de Azeredo, que trabalha há 15 anos na Clínica Sônia Domingues Pereira.

A terapia manual é um termo genérico para denominar várias técnicas terapêuticas utilizadas pelo fisioterapeuta e, como o próprio nome diz, se dá por meio das mãos. Seu objetivo é prevenir, identificar e corrigir disfunções, obtendo, de forma direta ou reflexa, reações fisiológicas que equilibram e normalizam as alterações musculares, articulares, orgânicas, funcionais e manifestações dolorosas.

As principais indicações para a terapia manual são os problemas comuns da população brasileira, como dores na coluna cervical, na lombar, dores articulares, tendinites, reabilitações pós-fraturas, dentre outras.

Dados da organização mundial de saúde (OMS) revelam que 80% da população mundial terá pelo menos duas crises de dor na coluna durante a vida. Nesses casos, tanto para a coluna cervical, quanto para a lombar, os efeitos analgésicos da terapia manual foram estudados e comprovados, reduzindo a dor e os espasmos pós-lesão, acelerando a recuperação.

Um dos princípios da terapia manual é que o paciente seja avaliado como um todo, investigando e detectando limitações de movimento, para estabelecer um plano de tratamento individualizado e direcionado para as necessidades daquele indivíduo.

Diante de cada paciente são disponibilizadas as ferramentas específicas para restabelecer a saúde integral, relaxamento e bem-estar, possibilitando o retorno as suas atividades laborais e esportivas.

Dentre as técnicas utilizadas estão a mobilização articular, facilitação neuromuscular proprioceptiva, análise ergonômica e postural, estabilização segmentar, mobilização articular e neural.

Trabalhos científicos demonstram que a terapia manual, em casos de lesões musculoesqueléticas, tem se mostrado bastante eficiente, quando comparada às técnicas de tratamentos tradicionais. Outro aspecto também analisado sobre a eficiência da terapia manual nesses tratamentos foi o baixo índice de reincidências, uma vez que, após a resolução do problema, são propostos exercícios de fortalecimento, estabilidade, equilíbrio, alongamentos e orientações posturais, prevenindo, assim, novos desequilíbrios ou lesões.

Nossa equipe de fisioterapeutas detém várias especialidades de terapia manual como RPG, liberação miofascial, osteopatia, rolfing, maitland, mulligan, GDS e método Busquet. Temos também um projeto de educação continuada com atualizações constantes e reuniões clínicas mensais, com o objetivo de fazer trocas e levar o melhor para nossos pacientes.

Em 15 anos de clínica e 21 de formada, já atendi diversos pacientes e suas famílias, utilizando RPG e agora a osteopatia, na qual estou me especializando. O que me move, depois de tanto tempo atuando, é ver o brilho nos olhos de cada paciente ao melhorar e perceber que é possível viver sem dor. A fisioterapia é muito mais que uma profissão, é missão de levar qualidade de vida para as pessoas.

Al. Juruá, 706, dentro do Hospital Israelita Albert Einstein Tel.: (11) 99983-6666. Horário de funcionamento: seg. a sex. das 7h às 21h; sáb. das 7h às 11h.

por: DRA. FERNANDA GOMES | Fisioterapeuta Crefito 3/25740F

Top 5