VIVA INDICA - Bem-estar
01/04/2019   
Rápido ou devagar: o que você está produzindo?
foto: Freepik

No meio empresarial, vivemos em um cenário no qual a busca por resultados e lucratividade é uma realidade de mercado. Entretanto, a forma para se comunicar está rasa e rápida. Na era da informação instantânea, o que era bom de manhã talvez à tarde esteja obsoleto. Quem não procura se apropriar dos meios de informação sustentáveis para sua ideia, estará fadado ao insucesso.

Entramos na 4ª Revolução Industrial e o mundo mudou. Apesar da mudança tecnológica da informação, transformação digital e inteligência artificial, ainda esperamos um líder, um herói, um salvador da pátria, um guru, enfim, alguém que resolva os nossos problemas de uma forma inovadora. Até quando iremos esperar que o outro resolva os nossos problemas?

RÁPIDO OU DEVAGAR?
A necessidade de se manter atualizado e de ter mil seguidores cria a ilusão de sucesso, conectividade ou estabilidade. Vejo pessoas serem contratadas pelo número de seguidores que possuem, sem que seja dada atenção à sua competência, capacidade de relacionamento interpessoal e o que ela pode favorecer. Pelo contrário, não há engajamento, gerando um alto turnover, baixo desempenho e toxicidade no clima organizacional.

Muitos profissionais inseridos no mercado de trabalho são, por vezes, reféns da capacidade crítica reduzida por estarem em busca da quantidade de produção, abrindo mão da qualidade do serviço ou aprofundamento de conhecimentos para a construção de um projeto diferenciado.

Os colaboradores de uma empresa podem e são pressionados a serem produtivos e a cumprirem metas, buscarem informação e entregarem resultados em curto espaço de tempo. Na contramão desse pensamento, aquele que é atento a detalhes no processo do seu trabalho pode ser percebido ou erroneamente julgado como improdutivo e que apresenta baixo desempenho.

O setor de beleza é uma das áreas que mais foi segmentada, precisando da velocidade e da informação, pois a moda é tendenciosa. Entretanto, prestamos serviços em pessoas e para pessoas, ou seja, podemos simplesmente vender um produto ou aplicar o produto. Isto requer cautela, atenção, velocidade e dedicação, pois o resultado baseado neste processo estará no relacionamento e no tempo que você dedica à produção e à satisfação do seu cliente.

Devo salientar que a qualidade no processo de elaboração de um trabalho implica também em um equilíbrio entre o rápido e o devagar; afinal, temos de estar atentos ao nosso entorno e estar cientes de que prazos estão aí para ser cumpridos. Mas, não sejamos escravos dessa cobrança reduzindo nossa capacidade intelectual de criar e inovar. Por que estou rápido ou por que estou devagar? Eu estou rápido ou devagar? O mundo está assim. Nós lemos notícias na internet que são tão rápidas que passamos a achar que estamos devagar e nos culpamos por julgar que não conseguimos acompanhar os fatos e os acontecimentos. Portanto, seja rápido e devagar!

Por: Jorge Eduardo - Professor da FGV e Hair Designer

Top 5