REPORTAGEM
30/08/2017    Por Marcela Goldstein
44 fatos que só quem mora em Alphaville conhece
Em homenagem ao aniversário de 44 anos do bairro, comemorado em setembro, com a colaboração de 20 moradores, a Viva S/A reuniu lembranças, curiosidades e situações que tornam Alphaville um lugar especial para viver
foto: Divulgação

1 - INSPIRADO  NO CINEMA 
O nome Alphaville foi inspirado no filme do cineasta francês Jean Luc Godard, clássico de 1965, que ganhou o Urso de Ouro no Festival de Berlim. No ficção-científica, um agente secreto disfarçado de jornalista chega à cidade futurista de Alphaville com uma missão: analisar o domínio exercido pelo supercomputador Alpha 60 sobre os cidadãos do lugar

2 - CLIMA DE FESTA
“Uma das coisas que adoro em Alphaville é o Alphaville Tênis Clube. Gosto do salão de beleza, da academia, dos restaurantes do clube – é um spa completo. Todo ano espero ansiosamente sua festa de aniversário para me reunir com amigos e nos divertirmos nos shows, que são incríveis”.
Eli Torres, 42, moradora desde 2005

3 - LOCALIZAÇÃO INUSITADA
Diferentemente do que ocorre nas cidades, as pessoas não se localizam por aqui pelos nomes de bairros, mas pelo número dos condomínios, como Residenciais 1, 2, 4, 10, 11 e nomes como Melville e Gênesis.

Foto: Divulgação


4 REDUTO DE CELEBRIDADES
 
É comum encontrar famosos circulando pelo comércio e condomínios, já que vários residem no bairro, caso de Luan Santana, Wanessa, Fábio Júnior e Rodrigo Faro.



5 - AMIGOS DE INFÂNCIA
“Alphaville propicia um convívio muito próximo das relações de amizade, pois crescemos juntos, estudamos juntos, moramos perto e sempre estamos presentes na vida dos amigos. Hoje, a maioria deles tem filhos e acabamos nos reencontrando em lugares que fizeram parte da nossa infância. É muito divertido e gostoso ter essa sensação tão familiar”.
Sabrina Sorensen, 36, moradora desde 1984 

6 - PORTAS ABERTAS
“Do que mais gosto em Alphaville são as portas abertas. Sim, ainda existe! Chamamos os vizinhos pelo nome, realizamos comemorações em nossas praças e temos ainda, no meio de todas as casas modernas, o privilégio de morar num interior no centro. Após as boas-vindas da segurança na portaria e a cancela abaixar, parece que atravessamos um portal mágico. Instintivamente, diminuímos a velocidade do carro, o ritmo da respiração e as batidas dentro do peito”.
Ana Rita Petraroli, 48, moradora desde 1989


foto: Google Street View

7 - DE TUDO UM POUCO
No Centro Comercial, que às vezes até parece um labirinto, devido as suas inúmeras calçadas com nomes de flores, há de tudo: desde restaurantes dos mais variados tipos de culinária, a costureiras, empresas de turismo, agência de correios, escolas de idiomas, ioga, lojas de roupa, salões de beleza, entre outros.

8 - OPÇÃO DE TRANSPORTE
Quem não possui carro ou precisa de uma alternativa no dia do rodízio, com certeza já pegou os clássicos ônibus executivos da Urubupungá, para ir a São Paulo. O confortável ônibus executivo, com ar-condicionado e alguns até com wi-fi, é uma boa opção para adolescentes e executivos. 

9 - HISTÓRIAS DE FAMÍLIA
“Uma característica especial do nosso bairro é a interação das pessoas e o interrelacionamento das histórias e das famílias”.
Augusto Pisati, 60, morador desde 1985

10 - NATUREZA ENCANTADORA
“Alphaville é uma ideia que deu certo. É encantador sentir o acolhimento que a natureza nos oferece e ouvir o canto dos pássaros saudando a todos pela manhã e no cair da tarde”.
Lucia Fiuza, 70, moradora desde 1993

Foto: Henrique Vilela

11 - LOCALIZAÇÃO PRIVILEGIADA
O bairro fica a menos de 30 quilômetros de São Paulo e a menos de 100 quilômetros de três aeroportos: Congonhas, em São Paulo, Cumbica, em Guarulhos, e Viracopos, em Campinas. Além disso, é cortado pela rodovia Castello Branco, ligação da região metropolitana ao interior, e pelo trecho oeste do Rodoanel Mário Covas, um contorno da capital que interliga 10 rodovias. 

12 - EXCELENTE PARA NEGÓCIOS
Parte do bairro está localizado em Barueri – eleita a melhor cidade do Brasil para realizar negócios, conforme estudo da consultoria Urban Systems publicado na revista Exame. Segundo a avaliação, a desburocratização é um dos pontos fortes da cidade. A consultoria afirma que há 20 anos a cidade se empenha em facilitar a abertura de novos negócios. Segundo o estudo, desde 2005 o município libera alvarás de funcionamento pela internet e a documentação para abertura de pequenas empresas sai em cinco dias. De acordo com a consultoria, essas condições atraíram 370 empresas para a cidade desde 2014.

13 - VIDA EM COMUNIDADE
“Quando conheci o projeto, achei que era uma utopia. Porém, acreditamos e foi a melhor coisa que nos aconteceu. Criamos nossos filhos com liberdade, fizemos novos e verdadeiros amigos, enfim, nos tornamos uma família unida. Nossa comunidade é especial. E ainda me sinto privilegiada por trabalhar perto de casa”.
Amélia Cioccia, moradora desde 1983   

14 - IDEAL PARA FAMÍLIA
O Parque Ecológico do Tietê, que tem acesso pela Via Parque, conta com uma área de 1.157.653,93 metros quadrados. No local há várias trilhas, quatro quadras poliesportivas, de vôlei de areia, lago de 370 mil metros quadrados, playground, arena, churrasqueira, trenzinho para passeio e muita área verde. Ideal para passar o dia com a família.

15 - PARA CORRER
Com um quilômetro de percurso, a pista de cooper na Alameda Mamoré, ao lado do muro do Residencial 1, está sempre repleta de pessoas correndo e caminhando. Com iluminação à noite, nela se reúnem vários grupos de corrida.

16 - INTERAÇÃO COM ANIMAIS
“Moro em um residencial onde há um lago gigante, às margens do qual posso correr, meditar, chorar, rir, sem que ninguém me incomode. Lá, além de árvores frutíferas, vejo capivaras, patos, gansos, coelhos e um dia desses assisti a uma cabrita dando à luz. Na esquina da minha casa, uma arara toma sol todas as manhãs, e sempre passo para cumprimentá-la, antes de ir para o trabalho”.
Erica Azar, 46, moradora desde 1993

17 - TUDO PERTO
"Adoro chegar a qualquer local e evento no bairro e sempre conhecer alguém. Só aqui podemos fazer uma lista de 10 afazeres e conseguimos realizar todos no mesmo dia. Não me acostumaria a viver em outro lugar".
Mara Liane Finkler Pini, 65, moradora desde 1995

18 - PRAÇA MULTIUSO
Na Praça Oiapoque, entre as Alamedas Grajaú e Rio Negro, é comum ver pessoas descansando após o almoço e passeando com cachorros. Nela, toda a última quinta, sexta e sábado do mês, acontece a Feira de Arte, Decoração e Artesanato de Alphaville. Realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho de Barueri, conta com a participação de mais de 100 expositores de móveis antigos, artesanato, artes plásticas, bolsas, acessórios, entre outros. Há ainda opções de gastronomia e food trucks.

19 - FAMOSO PASTEL
“Adoro ir à feira na quarta-feira e comer o famoso pastel do Cláudio, que está há quase duas décadas na região e, além da barraca nas feiras, atualmente tem dois endereços fixos no bairro”.
Flora Gazel, 36, moradora desde 1986

20 - SEGURANÇA ACIMA DE TUDO
A AREA – Associação Residencial e Empresarial de Alphaville é responsável pelo controle da vigilância orgânica, do monitoramento, da segurança eletrônica, além de prestar atendimento e informações à comunidade. Possui 20 viaturas de grande, médio e pequeno porte, apoiadas em duas bases fixas e quatro minibases, prontas para prestar socorro sempre que acionados pelos 35 callboxes espalhados pelo bairro. Possui um sistema de monitoramento por câmeras. Todos os residenciais também possuem guaritas com vigilantes que fazem a triagem de visitantes e funcionários e viaturas circulando 24 horas pelos condomínios. Todos esses fatores não apenas trazem uma sensação de segurança, mas refletem efetivamente na diminuição dos índices da criminalidade da região.

21 - FESTAS JUNINAS
O mês de junho tem uma programação intensa na região. São inúmeras festas, desde as dos residenciais, que contam com apresentações de duplas sertanejas famosas formadas por moradores da região, às das escolas, das paróquias, enfim, quem gosta de um bom arraial se esbalda com as comidas típicas, brincadeiras e uma boa música.

22 - REDES DE RELACIONAMENTO
“Já morei em algumas cidades, em Estados diferentes, e o que mais me encantou aqui foi a união das pessoas, até mesmo pelas redes sociais! Temos grupo que indica, um grupo que reclama, outro que pergunta, e ainda um que vende, todos focados na região. É uma forma de nos aproximarmos de outros moradores, estreitarmos laços e fazermos muitas amizades. Acabamos conhecendo o dono do restaurante, da academia, da barraca do pastel, o que nos faz sentir parte de uma grande família”.
Monaliza Pires, 36, moradora desde 2013

23 - LUGAR CERTO
“Existiam muitos lugares icônicos porque Alphaville era o lugar certo para estar na década de 80, seja na infância ou na adolescência”.
Alexandre Leal Carneiro da Cunha, 46, morador desde 1980

24 - LIMPEZA É A PALAVRA DE ORDEM
Ao andar pelas ruas do bairro e alamedas dos condomínios, além de muitas árvores e canteiros floridos, algo que chama atenção é a limpeza. Quase não se vê lixo pelo chão e entulhos.

foto: Shutterstock

25 - DOGLOVERS
Para quem é apaixonado por cães, aqui é o lugar ideal para criá-los. Além das casas com quintais, há uma infinidade de praças, pet shops, clínicas veterinárias, creches e até espaços com brinquedos e recreações para os mascotes se socializarem.

26 - MOBILIDADE URBANA
Inaugurada em 2008, a passagem de pedestres Yojiro Takaoka, implantada sob a alameda Rio Negro, liga a praça Oiapoque à alameda Madeira e foi projetada para liberar o tráfego e melhorar as condições de travessia de pedestres. Rebatizada de Galeria Yojiro Takoka, nela há comércio, serviços e exposições de arte. 

27 - VIDA SAUDÁVEL
Atualmente, cada vez mais pessoas são adeptas de um estilo de vida saudável. É claro que o bairro segue essa tendência mundial e oferece inúmeras opções de academias, lutas, dança, ioga, meditação, terapias alternativas, enfim, infinitas possibilidades para quem busca o bem-estar físico e emocional.

28 - MÃES UNIDAS
“O fator que me conquistou definitivamente foi a receptividade de todos do bairro, em especial das mães. Criamos vínculos e cumplicidade em vários níveis - seja com outras mães do condomínio e da escola - com mulheres que lutam para ser reconhecidas apenas por serem mães, que deixaram suas carreiras e buscam não apenas renda alternativa, mas o sentimento de poder fazer algo a mais”. Michelle Maiochi Mazon, 38, moradora desde 2014

29 - FESTAS EM CASA
As festas nas casas dos condomínios, ao estilo americano, são muito comuns. Famílias e amigos se reúnem para churrascos, banhos de piscina e, no inverno, fondues diante da lareira.

30 - MELHORES EMPRESAS PARA TRABALHAR
O Great Place to Work (GPTW) divulgou recentemente o ranking 2017 das 150 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil. Oito grandes organizações que estão instaladas em Alphaville, se destacaram no cenário nacional: McDonald’s, Banco Bradesco, Mercado Livre, Cielo, Alelo, ReachLocal, Ticket e Embracon.

31 - ENERGIA BOA
“Sou apaixonada pela paz que a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes transmite e pelo pôr do sol visto do residencial Campos do Conde”.
Cristine Lemos, 37, moradora desde 2010

foto: Divulgação

32 - INTEGRAÇÃO ESPORTIVA
Realizado pelo Alphaville Tênis Clube, o Inter Alphas é o maior evento esportivo amador da região. No ano passado, aconteceu sua décima terceira edição, que teve a participação de 11 residenciais, cerca de 3.500 atletas e 20 modalidades esportivas. O evento bianual, que visa à integração dos moradores dos residenciais e edifícios de Alphaville, associados ou não do clube, também incentiva a conscientização social com arrecadação de alimentos que são doados posteriormente para instituições de caridades. Em 2014 foram arrecadadas cerca de 11 toneladas.

33 - HOMENAGEM INESQUECÍVEL
“Tenho uma forte ligação com a praça em frente ao Residencial 2, que leva o nome do meu falecido pai, Carlos Roberto de Andrade. Minha família e eu ficamos honrados”. Fabiana de Andrade, 40, moradora desde 1982

34 - FORTE LEMBRANÇA
“Uma lembrança forte do bairro, com certeza, é o Chimané - um micro-ônibus gratuito que fazia o trajeto de Alphaville para o Shopping Iguatemi, em São Paulo. Para os adolescentes, era a solução! Ele saía, passeávamos pelo shopping e outros endereços próximos até a hora de voltar. Naquela época, era muito difícil ir até São Paulo, principalmente sem nossos pais”!   
Ana Paula Boralli Peres, 46, moradora desde 1987

35 - INTERESSES COMUNS
As confrarias estão em alta e a cada dia novos grupos se formam na região. O objetivo é compartilhar conhecimentos, dar boas risadas e apreciar o sabor de um bom vinho, cerveja, delícias da mesa ou mesmo promover cultura e lazer.

36 - RENDA DOMICILIAR
O levantamento realizado pela Geofusion - empresa especializada em inteligência geográfica de mercado, indica o município de Santana de Parnaíba, no qual está localizada uma parte do bairro de Alphaville, como o líder do ranking das 20 cidades brasileiras com maior renda média domiciliar do Brasil de 10.225,53 reais.

37 - LEGADO PARA OS FILHOS
“Lembro da inauguração da Blockbuster, com o show do Jorge Ben, do show do Mamonas Assassinas, dos encontros com amigos na Hobby Video e na La Ville, das Oktoberfest, que eram incríveis. Quero que meus filhos cresçam e tenham boas lembranças de Alphaville, assim como eu tenho”. Roberta Boschini, 35, moradora desde 1986 

foto: Divulgação

38 - EM FRANCO DESENVOLVIMENTO
“Alphaville nos oferece muitas possibilidades. Temos boas escolas e faculdades, hoje com muito mais opções do que naquela época em que me mudei para cá. Nosso comércio é bem variado, com bons shopping centers. Crescemos muito e várias melhorias têm acompanhado esse desenvolvimento. E, tenho certeza, muitas outras ainda virão, porque nosso bairro vale a pena e merece”.
Eliane Nunes, 66, moradora desde 1990 

39 - PONTO DE ENCONTRO

“Lembro com carinho da Pedra da Avenida Brasil, no Residencial 2, que fica no canteiro central da avenida. Na década de 80 ela foi ponto de encontro do público jovem de Alphaville que se reunia com suas motos e mobilites para conversar, namorar ou curtir o pôr do sol. Uma época que deixou saudades”.
Patricia Fernandes, 45, moradora desde 1983

40 - EU QUERO, SOSSEGO!

A gruta Nossa Senhora de Lourdes foi construída pelo Dr. Yojiro Takaoka em 1975 para ser um local ecumênico, em uma das áreas de reserva legal, localizada na Praça Oiapoque. Devido a sua devoção à Nossa Senhora de Lourdes, a Gruta passou a receber o nome da Santa, bem como a ser um local cristão católico. Toda em pedras naturais, é um espaço de paz, cercado por natureza.

41 - SAUDADES DA PINGUELA
“Hoje, onde fica o Tamboré, era antigamente a porta de entrada para a garotada fazer as trilhas de moto. Havia uma subida de aproximadamente 100 metros a 45 graus, quase impossível, chamada de pinguela. Era a atração principal onde todos, cerca de 100 pessoas, assistiam aos candidatos a tombos espetaculares. Em 1985, eu não tinha moto e subi com a bicicleta nas costas, para mostrar que era capaz de descer. Nesse dia, levei o maior tombo da minha vida. Sobrevivi e nunca contei aos meus pais a causa de tantas escoriações. Que saudades da pinguela”!
Javier Finch, 47, morador desde 1984

42 - MUITO ROCK
“O Cine Teatro, no Centro Comercial, marcou nossa adolescência com sessões de filmes - quando foi exibido A Lagoa Azul, ficou lotado - peças de teatro, apresentações de piano, mas o que realmente me marcou foram os festivais musicais, quando tive a oportunidade de me apresentar com a banda GDS, e meu irmão com a Vício Inverso. Muito rock e muita saudade”.
José Roberto Jacob dos Santos, 46, morador desde 1980

43 - PIONEIRISMO E INOVAÇÃO
Criada em 1992, a TV Alphaville foi a pioneira na implantação do sistema de TV a cabo e na transmissão em alta definição no País. Presente em mais de 100 prédios, 30 condomínios residenciais e grandes empresas de Alphaville e região, possui rede com quinhentos quilômetros de fibras ópticas e cabos coaxais para oferecer internet banda larga e telefonia para a região.

44 - EDGE CITY
Alphaville Empresarial foi lançada em 1974, ano em que a gigante de tecnologia Hewlett Packard adquiriu uma área de 20 mil metros quadrados. Das conversas com os executivos veio a ideia: criar uma área de casas para os funcionários. Surgia o embrião daquele que viria a ser o primeiro projeto urbano brasileiro semelhante às “edge cities” americanas, cidades planejadas próximo às grandes metrópoles.

Top 5