PET
28/05/2018    Por Soraia Sene
Como detectar e tratar a gripe canina
A gripe canina não passa para humanos e vice-versa. A vacina pode diminuir a gravidade da gripe e também ajuda a diminuir a quantidade de vírus espalhada
foto: Agência Brasília

Durante o inverno, os cães correm maior risco de contrair 2 doenças importantes. A Tosse dos Canis, é uma infecção causada pela bactéria Bordetella bronchiseptica, cujos sintomas são tosse seca, rouquidão, acompanhada ou não de secreção nasal, podendo levar a falta de apetite em casos mais graves. O tratamento deve ser realizado por um Medico Veterinário que irá prescrever desde antibióticos, antiinflamatorios e até sessão de inalação. Para sua prevenção tem vacina específica que evita o contágio do seu Pet.

Outra doença respiratória que pode acometer os cães nessa época, embora mais rara, é a Gripe Canina, doença transmitida por um tipo específico do vírus Influenza. A maioria dos cães que adquirem essa doença apresentam sinais leves como espirros e corizas, mas podem evoluir até para uma tosse persistente. A vacinação para esse vírus já está inclusa na composição das principais vacinas múltiplas dos cães, com isso diminui drasticamente a gravidade da gripe caso o cão seja infectado, e a imunização também ajuda a diminuir a propagação do vírus circulantes.

Consulte sempre o Médico Veterinário de sua confiança para seu Pet.

Top 5