NEGÓCIOS
27/07/2018    Por João Felipe Cândido
Ponto de encontro de oportunidades
ERN Negócios tem transformado o modelo de network na região
foto: Divulgação

Promovido pela ERN Negócios (Endless Referral Network) desde 2011, empresários reúnem-se semanalmente em Alphaville para trocar experiências, compartilhar dificuldades e, sobretudo, enxergar novas oportunidades comerciais. A sinergia das 19 empresas, de segmentos distintos, que atualmente participam das reuniões, tem gerado resultados expressivos. Em média, a cada três indicações, um negócio é fechado. Só no primeiro semestre de 2018, os associados fizeram, entre si, quase cem indicações. Já a receita total de negócios fechados, apenas nos seis primeiros meses do ano, soma mais de um milhão de reais. “O propósito é gerar indicações de contatos quentes.”, explica Raphael Bello, empresário que, há cerca de um ano, assumiu a presidência do grupo. Para tornar-se membro, o interessado deve preencher uma ficha cadastral, passar por um processo de avaliação e, se aprovado, contribuir com a taxa de adesão anual.

foto: Divulgação

Pertencente à Gafisa e aos fundos de investimento Pátria e Blackstone, a Alphaville Urbanismo, presente em 23 Estados, além do Distrito Federal, pretende voltar ao mercado. Segundo informações do jornal O Estado de S.Paulo, a companhia planeja lançar ainda neste ano até dois loteamentos residenciais, que devem somar aproximadamente cem milhões de reais em valor geral de vendas (VGV). Com o agravamento da crise econômica, desde 2015, a Alphaville Urbanismo decidiu suspender novos projetos. Procurada pela reportagem de Viva S/A, a empresa respondeu que “não comenta as informações divulgadas pelo jornal”.

foto: Divulgação

A Enel, uma das líderes mundiais em distribuição de energia e gás, venceu a disputa pelo controle da Eletropaulo, com sede em Alphaville. A italiana concluiu o processo de compra de 93,3% das ações da empresa, numa negociação que ultrapassou cinco bilhões e meio de reais. A Eletropaulo possui 7.355 funcionários, faz pulsar a rotina da cidade de São Paulo e de mais 23 municípios, e está presente na vida de mais de 18 milhões de pessoas. Com a aquisição, a Enel se consolida como líder em distribuição de energia no País. Entre 2019 e 2021, a marca investirá cerca de novecentos milhões de dólares para digitalizar a rede.

Top 5