NEGÓCIOS
27/03/2018    Por João Felipe Cândido
Contra o Ciberataque
Mauro Giaimo, CEO da Orange: “Por meio de nossa tecnologia, reduzimos e eliminamos riscos de crimes cibernéticos”
foto: Tárik Santiago

Seja no Brasil ou em qualquer região do planeta, o número de crimes cibernéticos não para de crescer. Somente para exemplificar, em 2017, mais de 22 bilhões de dólares foram roubados por meio de crimes digitais no País, e cerca de 62,2 milhões de pessoas foram afetadas de alguma maneira, segundo relatório da empresa americana de cibersegurança Symantec. Sempre atento a essas questões, Mauro Giaimo, que possui mais de três décadas de experiência no mercado de TI, fundou a Orange, especializada em segurança das informações corporativas, com sede em Alphaville.

“Nascemos com o propósito de apoiar a transformação digital das empresas, garantindo segurança e proteção de suas informações”, pondera. Hoje, a companhia oferece soluções de segurança em gerenciamento de aplicativos, e-mails, documentos, smartphones, tablets, notebooks, desktops e internet, com foco no atendimento a grandes empresas.

Top 5