Articulista
Roberto Shinyashiki
Carreira e Relacionamento
Roberto Shinyashiki
Psiquiatra, escritor e conferencista
28/04/2017
Programe sua mente para ter sucesso
Jogue fora suas programações paralisantes e tenha muito cuidado com a auto-sabotagem
foto: Divulgação

Todos nós temos programações mentais. Algumas vezes positivas e criativas, outras, paralisantes, bloqueadoras, negativas. Ainda crianças adquirimos essas programações, que ficam se repetindo em nossa mente, muitas vezes dificultando o nosso sucesso. Crescemos ouvindo as pessoas dizerem que as coisas são difíceis, que somente os desonestos têm sucesso, que quem nasce pobre não tem chance de ficar rico, etc. Essas frases vão produzindo reações negativas em nossa vida e nossos resultados acabam ficando muito menores do que o nosso potencial possibilita.

Ao cumprir uma programação mental negativa, acabamos lançando mão de várias estratégias:
- sabotagem: você tem de entregar uma proposta para concorrer a um negócio importante e simplesmente esquece a data final; - trapaça: quando você faz algo que parece positivo, mas que leva à auto-sabotagem. Por exemplo, era o dia de finalizar a proposta de negócios com uma empresa e você resolve levar seu filho ao parque;
- escudo: aquela desculpa que você usa para não fazer o que tem de ser feito. Por exemplo: “Minha mãe está muito doente e tenho de cuidar dela, por isso não consigo melhorar minha carreira”.

Com esse tipo de programação em nossa mente, mesmo que adotemos múltiplas ações para progredir, ainda que estudemos muito e tentemos nos aperfeiçoar, quando menos percebemos, estamos adiando as coisas e sabotando nossos projetos. O grande desafio é você abrir sua mente, entender o que houve no passado, jogar fora as suas programações paralisantes; e colocar a cabeça e o coração totalmente abertos para concretizar o seu sucesso. É preciso adotar atitudes que o ajudem a superar suas limitações e a realizar todo o seu potencial de negócios. Cuidado com a auto-sabotagem. Para não cometer esse erro e ficar se colocando para baixo, não basta ser positivo para as coisas se resolverem. Claro que isso ajuda, mas não é a única mudança necessária. Se você mesmo não sente confiança no seu trabalho, vai ser difícil alguém sentir e enxergá-lo como grande profissional. Por essa razão esse ponto é tão importante. Pare de pensar que não consegue. Quem pensa que não consegue não vai conseguir mesmo. Você pode já ter pensado dessa forma, esquecendo que vários motivos devem ser os reais responsáveis pelo que aconteceu. Ficar se culpando e achando que o problema é sempre você não vai ajudar em nada; pode até piorar a situação.

Outras Matérias
Outros Articulistas
Maio 2018
25° Especial Mercado Imobiliário - O momento é agora!