Articulista
Lucília Diniz
Vida Saudável
Lucília Diniz
Empresária, escritora, palestrante e consultora de alimentação
28/06/2019
Que tal um polpetone de grão-de-bico?
fotos: Divulgação

Esta leguminosa é rica em proteínas, vitaminas do complexo B, cálcio, ferro, magnésio e outros minerais. Que tal variar o consumo do grão-de-bico com um polpetone muito fácil de preparar?

Ingredientes
•1 xícara (chá) de grão-de-bico cozido
•2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
•20 gramas de manteiga
•1 cebola picada •2 dentes de alho picados
•1 colher (chá) de cúrcuma
•1 talo de alho-poró picado
•2 colheres (sopa) de pimentão vermelho picado
•1 colher (chá) de chimichurri
•1 colher (chá) de orégano
•1 pimenta dedo-de-moça
•1 colher (chá) de cebolete
•2 colheres (sopa) de farinha de aveia
•3 fatias de muçarela
•1 colher (sopa) de farinha de rosca
•1 colher (sopa) de azeite
•Rúcula selvagem
•Vinagrete a gosto
•3 talos de aspargos
•broto de alfafa
•Sal a gosto

Modo de preparo
No míxer, bata o grão-de-bico com o parmesão e reserve. Na frigideira, doure a cebola e o alho na manteiga. Junte a cúrcuma, alho-poró, pimentão, chimichurri, orégano e a pimenta. Tempere com sal e acrescente a cebolete. Adicione o grão-de-bico batido. Misture até que os ingredientes estejam incorporados. Acrescente a farinha de aveia. Mexa bem até formar massa. Retire do fogo e modele os polpetones. Recheie cada um com a muçarela. Polvilhe farinha de rosca sobre os polpetones. Em uma frigideira, coloque o azeite e frite os polpetones, virando-os para dourar dos dois lados. Na hora de servir, faça uma cama de rúcula selvagem. Coloque o polpetone e, sobre ele, acrescente vinagrete. Decore com aspargos e brotos. Sirva em seguida.

fotos: Divulgação

COMENDO ATÉ AS CASCAS
Um terço dos alimentos produzidos no mundo não é consumido pela população. Certamente, a solução para o desperdício passa pela criatividade. E não há como classificar a ideia de Matt Weiss de outra forma. Este americano criou a Rind Snacks, empresa que produz snacks de frutas desidratadas. O diferencial é que são mantidas as cascas das frutas utilizadas.Isso é sensacional, já que o conteúdo nutricional é maior bem aí. Na verdade, são três vezes mais fibras e vitamina C, por exemplo. Os sabores são Kiwi Tangy, com kiwis apenas; Tropical Blend, com laranja, abacaxi e kiwi. E Orchard Blend, com caqui, maçã e pêssego. Como detalhe, as cascas do abacaxi não são utilizadas. Weiss encontrou uma lacuna na categoria de dois bilhões de dólares de frutas secas e castanhas. Há muitos produtos de marca própria, pouca fidelidade, muito açúcar adicionado. E principalmente frutas secas tradicionais, como maçãs, ameixas e passas. Outro apelo bem explorado é a sustentabilidade. Por enquanto, o produto não é vendido no Brasil. 

fotos: Divulgação

TROCA VANTAJOSA
Uma xícara de purê de abacate pode substituir uma xícara de manteiga. Em receitas que pedem manteiga e óleo, uma xícara de banana amassada também pode gerar esse efeito.

Outras Matérias
Outros Articulistas
Agosto 2019
Parabéns, Alphaville - As curiosidades dos cartões postais do bairro.