Articulista
Cristiana Arcangeli
Moda & Beleza
Cristiana Arcangeli
Empresária, consultora de beleza e escritora
27/07/2017
A mente como ferramenta para emagrecer
Nutricionista desenvolveu programa inovador na guerra contra a balança
foto: Divulgação

Vivemos em uma cultura obcecada por dietas e exercícios. Metade da população faz dieta e mesmo assim está acima do peso. Diante deste cenário você já viu uma nutricionista que segue na contramão do mercado e não acredita em dieta? Pollyanna Esteves desenvolveu o Neuro fit, um programa inovador que utiliza a mente como ferramenta de emagrecimento. Procedimentos simples, unidos a uma reprogramação do cérebro, levam seus pacientes a conquistar resultados positivos na guerra contra a balança. “O Neuro fit surgiu por necessidade própria, não aguentava mais fazer dieta, viver em efeito sanfona, me sentir culpada ao comer um brigadeiro”, conta Esteves.

Após muita pesquisa, a nutricionista observou que o cérebro é quem comanda o processo e por este motivo é necessário mudar nosso comportamento perante a comida, melhorar a nossa autoimagem e crenças limitantes. Com base nisso, ela se especializou no estudo sobre a mente e fez programação neurolinguística, hipnose e constelação.

Muitas vezes, nos condicionamos a fazer regimes, mas não conseguimos. Isto acontece porque decisões tomadas conscientemente representam apenas cinco por cento das nossas ações. O que muitas pessoas não sabem é que somos conduzidos pelo nosso inconsciente, responsável por 95% de todas as nossas atitudes.

“O Neuro fit não é dieta, não existe alimento proibido. Ensino hábitos das pessoas magras, condiciono seu corpo e mente a agirem em favor do seu objetivo. Descobro o que o levou a aumentar de peso e o que o impede de atingir sua meta e reverter isso”, conta. O Neuro fit, que é exclusivo e único no Brasil, une a expertise da nutricionista e terapeuta, com o objetivo de manter em perfeito equilíbrio corpo, mente e espírito.

Constam do programa:
• consulta médica, para avaliar se há algum desequilíbrio bioquímico;
• avaliação e treino individualizado com personal trainer;
• teste metabólico, para descobrir qual a atividade física ideal, em qual frequência perde gordura e massa muscular;
•teste de intolerância alimentar, com objetivo de saber quais alimentos são benéficos ou não;
• ultrassom 3D que mede e mostra em imagens quantidade de gordura, massa muscular, gordura visceral (mais fidedigno que a bioimpedância);
• oito reuniões baseadas na Programação Neurolinguística, quando serão reprogramados os padrões errados que o cérebro acostumou a fazer, refazer a autoimagem, resgatar confiança, quebrar crenças, ensinar a se motivar para fazer exercício e muito mais.
As reuniões são todas motivacionais, então, a pessoa terá uma pulseira exclusiva na qual, a cada meta atingida, ganha um pingente, um diário de transformação, aplicativo exclusivo, CD para escutar em casa e continuar a reprogramação, degustação de receitas, prêmios, entre outras atividades.

“Trabalhando e realinhando esses níveis a pessoa consegue atingir seu objetivo sem sacrifícios, como emagrecer sem fazer dieta, sem tomar remédios ou sem abrir mão do que gosta de comer. E ainda colhe benefícios para outras áreas da sua vida como carreira, relacionamento, saúde, etc.”, afirma Pollyanna Esteves.

A técnica pode ser encontrada em três versões:
• Classic: feito em grupo, são reuniões semanais de uma hora e meia em que você vai ter a oportunidade de conhecer pessoas novas, interagir, se distrair, cuidar de você e ainda fazer amigos.
• Privet: são realizadas sessões individuais uma vez por semana com duração de uma hora e meia a duas horas.
• Weekend: criado para atender à demanda de pessoas que não moram na capital e não têm a possibilidade comparecer uma vez por semana.

Compreende um final de semana de imersão em um hotel onde são realizadas todas as dinâmicas. O acompanhamento é feito pela internet, com chats, página individualizada etc.

Outras Matérias
Outros Articulistas
Abril 2018
Os Tubarões dos Negócios