Articulista
Bel Pesce
Caderninho da Bel
Bel Pesce

Empreendedora e Fundadora da FazInova

26/05/2017
Beta para sempre
A capacidade de se adaptar é uma das características mais valiosas que você pode ter
foto: Divulgação

Na linguagem de programação, beta é um produto que ainda não está em sua versão final, e no qual falta algo a ser adicionado. Vamos levar esse conceito para as nossas vidas: somos todos produtos em constante evolução – sempre temos alguma coisa a aprender e sempre podemos crescer. O mundo tem mudado rapidamente e, com isso, passaremos cada vez por mais atualizações.

Sou engenheira elétrica e cientista da computação. Nesse meu mundo original, há um grande movimento chamado open source. Nele, os profissionais de engenharia levantaram a bandeira de deixar aberto o código-fonte de alguns projetos e programas porque acreditam que o acesso universal e suas mudanças trazem diversas vantagens.

Como concordo com esta filosofia e em disponibilizar aprendizados da forma mais aberta possível, lancei meus livros gratuitamente, tenho milhares de vídeos abertos na web e diversos cursos online gratuitos. Acreditar em um mundo mais aberto colaborou para minhas palestras, livros e vídeos alcançarem milhões de pessoas ao redor do mundo ao longo dos anos. Ser uma pessoa beta é entender que a capacidade de se adaptar facilmente é
uma das melhores características que podemos ter. Para isso, é necessário estarmos abertos a mudanças para evoluirmos pessoal e profissionalmente e caminharmos em direção aos nossos sonhos e ao nosso conceito de felicidade - totalmente pessoal e intransferível.

O caminho pode ser modificado. É possível encontrarmos desvios de rota, novas pessoas, tecnologias, maneiras de agir e novos pensamentos. Até nossos sonhos podem mudar, e não há problema nisso. Precisamos ter em nosso mindset que estamos em constante evolução. Não há estabilidade. A mudança nem sempre é algo ruim e temos de nos acostumar com esses movimentos. Quem não se preocupar em se atualizar ficará estagnado em sua própria zona de conforto.

Este pensamento não serve apenas para pessoas. Grandes indústrias também são constantemente desafiadas a sair de seu estado de inércia. Vários produtos e serviços tradicionais estão sendo provocados com a chegada de ofertas disruptivas. É o que o Airbnb fez com a hotelaria; o Uber, com o setor de transportes e logística; e a Tesla com a indústria dos automóveis.

Assumir que está em constante atualização é conseguir estar preparado para os desafios em todos os âmbitos da vida, já que nós nunca somos um produto acabado – estamos sempre em nossa versão beta.

Outras Matérias
Outros Articulistas
Julho 2018
Silvio Santos vem aí!