Articulista
Bel Pesce
O Futuro que já existe
Bel Pesce

Empreendedora e Fundadora da FazInova

26/07/2019
A importância de aprender com os desafios

No artigo anterior, mencionei que sempre busco experiências ao redor do mundo para compartilhar meus aprendizados. Quando tenho a oportunidade de vivenciar algo novo, me aprofundo naquele universo e tento entender todos os detalhes que há por trás de um produto ou serviço que me encanta. As experiências que mais marcaram minha vida positivamente são, exatamente, aquelas que escondem o maior número de desafios em seus bastidores.

Sempre digo que a Disney é a empresa que mais admiro e também o lugar que mais me traz inspirações para criar algo novo, seja na minha vida pessoal ou profissional. Recentemente estive na Disneylândia, na Califórnia, para conhecer o Star Wars Galaxy's Edge, uma nova área do parque construída sob a temática do filme. Depois de horas vivendo uma imersão no mundo do Star Wars e aprendendo mais sobre o processo de abertura da área, percebi que alguns produtos e serviços enfrentam uma grande questão: uma demanda muito maior do que é possível ser atendida no início.

Aberturas de novas áreas de parques temáticos costumam ter grandes momentos de desafios, como foi o caso da inauguração da parte do Harry Potter, na Universal Studios, onde as pessoas ficavam, em média, 12 horas na fila para conseguir acessá-la. O mesmo também aconteceu quando o mundo de Avatar foi inaugurado no Animal Kingdom, na Disney, em que se levava uma média de oito horas para conseguir ver as maravilhas criadas em Pandora.

Mesmo nos dias atuais, essa alta demanda no lançamento de produtos e serviços ainda costuma ser um desafio nas empresas. A Disney observou a sua própria experiência de inauguração e também a história de outros parques, e arriscou fazer diferente com a área do Star Wars. Eles criaram diversas estratégias para atender ao fluxo de pessoas nessas primeiras datas de lançamento do parque.

Primeiramente, para acessá-la, você precisa fazer reserva e, no dia da visitação, você recebe um tíquete especial. Ou seja, até o momento, essa parte ainda não está disponível para todos os que chegam ao parque, nem mesmo para as pessoas que estão dispostas a esperar horas em uma fila. Não há filas, porque somente as pessoas que fizeram a reserva conseguem entrar no mundo de Guerra nas Estrelas. Além disso, o tempo de circulação para quem já está lá dentro é de, no máximo, quatro horas, de forma que o lugar seja cedido para outro grupo de pessoas.

Mais uma vez a Disney olhou para sua própria história, observou seus erros e encontrou soluções para proporcionar a melhor experiência possível para o seu público. Cada vez mais, percebo que nunca devemos parar de aprender, mesmo quando acreditamos que já chegamos a nossa melhor versão, pois a reinvenção é algo que sempre pode nos levar além.

foto: Divulgação

DICA DO MÊS
Fomos criados para nos adaptar às regras da sociedade. Com o tempo, perdemos nossos instintos e somos domesticados para pensar e agir de acordo com os preceitos aos quais nos acostumamos... Essa obra retoma os ensinamentos apresentados no livro Os Quatro Compromissos, e ensina um novo preceito, oferecendo ao leitor uma vida de felicidade genuína e livre das expectativas alheias.

Título: O Quinto Compromisso
Autor: Don Miguel Ruiz, Don Jose Ruiz e Janet Mills
Editora: Best Seller
Preço: R$ 34,90

Outras Matérias
Outros Articulistas
Agosto 2019
À frente de seu tempo - Entrevista exclusiva, José Salibi Neto