Articulista
Augusto Cury
Inteligência Emocional
Augusto Cury
Psquiatra, psicoterapeuta, cientista e escritor
26/10/2018
Pais brilhantes contam histórias

Bons pais são uma enciclopédia de informações. Pais brilhantes são agradáveis contadores de histórias. São criativos, perspicazes e capazes de extrair das coisas mais simples belíssimas lições de vida. Querem ser pais brilhantes? Não apenas tenha o hábito de dialogar, mas de contar histórias. Cativem seus filhos pela sua inteligência e afetividade, não pela sua autoridade, dinheiro ou poder. Tornem-se pessoas agradáveis. Influenciem o ambiente onde eles estão.

Sabe qual é o termômetro que indica se vocês são agradáveis, indiferentes ou insuportáveis? A imagem que os filhos dos seus amigos têm de vocês. Se eles têm prazer em se aproximar, vocês passaram no teste. Se eles os evitam, vocês foram reprovados e terão de rever suas atitudes.

Sempre fui um contador de histórias. Minhas filhas adolescentes me pedem até hoje para contá-las. Os pais que são contadores de histórias não se envergonham de usar seus erros e dificuldades para ajudar os filhos a mergulhar dentro de si mesmos e encontrar seus caminhos. Quando os filhos estão desesperados, com medo do amanhã, com receio de enfrentar um problema, esses pais entram em cena e criam histórias que transformam a emoção ansiosa dos filhos numa fonte de motivação.

Ser feliz é um treinamento, não uma obra do acaso. Qual é uma das mais excelentes maneiras de educar? Contar histórias. Contar histórias amplia o mundo das ideias, areja a emoção e dilui as tensões.

A chegada de um novo irmão pode gerar reações agressivas, rejeições, regressões instintivas (ex.: perda do controle do ato de urinar) e mudanças de atitude no irmão mais velho, comprometendo a formação da sua personalidade. O bebê se torna, às vezes, um estranho no ninho. Pais habilidosos criam histórias, desde a gestação do bebê, que incluem ambos os irmãos em experiências divertidas e que incentivam o companheirismo. O mais velho incorpora essas histórias, deixa de encarar o mais novo irmão como rival e desenvolve afetividade por ele.

Os jovens apreciam pessoas inteligentes. Para ser inteligente não é preciso ser um intelectual ou um cientista, basta criar histórias e inserir nelas lições de vida. Muitos pais são engessados nas suas mentes. Acham que não são criativos, que não têm perspicácia e inteligência, o que não é verdade. Tenho convicção, como pesquisador da inteligência, de que cada pessoa tem um potencial intelectual enorme que está represado.

Se, às vezes, nem você mesmo suporta seu jeito fechado de ser, como quer que seus filhos o ouçam? Não grite, não agrida e não revide com agressividade. Pare! Conte histórias para quem você ama. Você pode ensinar muito falando pouco. Tenha intrepidez para mudar! Seja inventivo. Você pode educar muito se desgastando pouco. Pais brilhantes estimulam seus filhos a vencer seus temores e a viver com suavidade. Se você conseguir fazer seus filhos sonharem, terá um tesouro que muitos reis procuraram e não conquistaram.

imagem ilustrativa

DICA DO MÊS
Este livro traz uma importante reflexão sobre a educação inteligente, os limites saudáveis e a necessidade da gestão emocional dos pais para o sucesso da formação dos filhos. Com técnicas e soluções práticas para impasses cotidianos, como o uso excessivo de celular e games, a disciplina para realização das tarefas escolares, a colaboração com atividades domésticas, entre outros assuntos.

Título: Socorro, Meu Filho Não Tem Limites!
Autor: Augusto Cury
Editora: Academia de Inteligência
Preço: R$ 16,90

*Preços pesquisados em setembro de 2018

Outras Matérias
Outros Articulistas
Dezembro 2018
Transforme 2019 no melhor ano de sua história